Como ser apenas mais um blogueiro medíocre que ninguém dá a mínimaUm pensamento preocupante, não é?
 
Você está trabalhando como um louco em seu blog, mas você não deixa de se perguntar o que você tem feito de errado que não consegue alguém para lê-lo.
 
O que te faz diferente dos milhões de outros blogueiros esperando por atenção?
 
Vocês e todos estão fazendo a mesma coisa. Detonando posts, compartilhando no Twitter e no Facebook, deixando comentários em blogs populares - você sabe; o de sempre.
 
Mas ninguém dá à mínima. Os leitores já viram tudo isso antes. Você não está oferecendo nada de novo, então por que eles deveriam ler seu blog, assinar por e-mail e etc.?
 
Boa pergunta. E o problema é que você realmente não tem uma resposta.
 
Na maioria das vezes, você se sente como se estivesse tropeçando no escuro. Você não pode dizer o que está funcionando e o que não está. Se sente como um grande e interminável jogo de adivinhação.
 
Talvez você veio aqui para encontrar algumas respostas. Talvez você esteja esperando que eu vá te dizer o que fazer.
 
Mas eu não vou.
 
Não porque eu não quero, mas porque às vezes você não consegue entender o que fazer até que você entenda primeiro o que NÃO fazer. Então, vamos começar por aí.
 
Aqui está uma lista grande e gorda de maneiras de ser um blogueiro medíocre. Quantos são culpados?

1. Conte histórias

As pessoas adoram histórias, mas isso não significa que você deve conta-las.
 
Aqui está o porquê: contar uma história chata é pior do que não contar nenhuma história, e se você não está treinado em contar historias, a sua é praticamente garantido ser chata.
 
Se você duvida de mim, vá a um bar e conte uma história para alguém em voz alta o suficiente para que todos possam ouvir. Se todo mundo no bar parar de falar para ouvi-lo, você é um bom contador de histórias. Se não, você é um merda.
 
E quase todo mundo é uma merda.

2. Seja "fiel a si mesmo"

Deixe-me adivinhar. As técnicas de marketing testadas e verdadeiras apenas não são boas para você, então você está demolindo tudo em nome da autenticidade?
 
Bem, eu vou ser condenado. Eu devo ser vidente!
 
Não, a verdade é que todo mundo se sente assim no início, e todo mundo tem que fazê-lo de qualquer maneira. Para ficar bom em alguma coisa, primeiro você tem que seguir as técnicas comprovadas e testar tudo, e então aprender, e então você segue as técnicas comprovadas e as segue corretamente, e então um dia, quando você já estiver fazendo isso há muito tempo e você for um mestre, você inventa suas próprias técnicas. É o mesmo processo para aprender a tocar piano como para promover o seu trabalho.
 
Se não se sente autêntico, não é porque há algo errado com a técnica. É porque você está fazendo isso errado, e você precisa continuar praticando.

3. Construa primeiro seus seguidores no Twitter / Facebook / Google+ / Pinterest / LinkedIn

Aqui está o seu pensamento: A razão pela qual você não está recebendo todo o tráfego é porque primeiro você precisa construir os seus seguidores no Twitter, Facebook, Google+, Pinterest, LinkedIn, ou etc.
 
Uma vez que você começar a receber alguma tração, então você pode promover o seu blog, e o tráfego começará a fluir fácil e gratuito.
 
Hei! Está errado.
 
Sim, a rede social é importante, mas você sabe o que é ainda mais importante?
 
Foco.
 
Ao dividir sua atenção entre tantos lugares diferentes, você está praticamente garantindo que não vai fazer bem nenhum deles.
 
Meu conselho: Ignore as redes sociais inteiramente no começo. Espere até que você tenha 500 assinantes no seu blog antes mesmo de pensar em construir seguidores em outro lugar.

4. Escreva posts curtos

Em minha opinião, nenhum blogueiro iniciante deve publicar artigos com menos de 700 palavras. E realmente, 1.000+ palavras deve ser seu objetivo.
 
Por quê?
 
Três razões:
 
1. Os leitores acreditam que o conteúdo mais longo é mais valioso. Eles são mais propensos a favoritá-lo, compartilhá-lo e linkar para ele.

2. A maioria dos outros blogueiros tem preguiça de escrever conteúdo longo. Se você estiver disposto a fazer o esforço, você vai se destacar.

3. Há provas fortes de que o Google prefere o conteúdo longo. E dar ao Google o que ele quer é inteligente.
 
Meu conselho: Pare de escrever posts curtos. Ou, pelo menos, procure intercalar com um conteúdo mais longo.

5. Dar conselhos de senso comum

Você acredita na pregação de bom senso à moda antiga?
 
Se assim for, eu me preocupo com suas chances, pois o senso comum é chato. Os leitores já ouviram isso tantas vezes que saltam para fora no momento em que até mesmo pega um sopro de sabedoria convencional.
 
"Mas... mas... o senso comum é o que eles precisam!", Você diz. Minha resposta: Não importa.
 
Se ninguém está prestando atenção em você, você pode jorrar toda a verdade no mundo, e isso não vai fazer bem a ninguém. Então, pare de escrever posts que fazem as pessoas quererem parar de ouvir.

6. Insista na originalidade

O oposto do senso comum também é perigoso.
 
Alguns blogueiros também ficam tão obcecados em ser original que se tornam incapazes de publicar alguma coisa. E quando o fazem, acabam tropeçando em uma ideia original, é tão estranho e alheio para o leitor, que eles não podem sequer segui-lo.
 
Meu conselho: Procure encontrar maneiras de abordar temas antigos de novos ângulos. É muito mais fácil, e é muito menos arriscado.

7. Seja Delicado

Você deixa de pedir aos influenciadores backlinks, porque você está preocupado com incomoda-los?
 
Ou pior, você deixa de falar a verdade para os seus leitores, porque você não quer ofendê-los?
 
Bem, noticia de ultima hora: Os blogueiros de verdade lutam por suas ideias. Não há necessidade de ser desagradável, mas você não pode sair por aí rangendo os pedidos de ajuda e dançando ao redor de verdades duras.
 
Você tem que exigir atenção. Você tem que tomar posições. Você tem que ser total e absolutamente descarado.
 
O mundo já tem covardes suficientes. Então, por favor, não seja mais um.

8. Escreva "quando puder"

Para muitas pessoas, encontrar tempo para escrever é como fazer uma mala.
 
Você coloca todas as coisas importantes em primeiro lugar, fecha para ver se tudo se encaixa, coloca mais coisas, verifica novamente, e assim por diante e assim por diante até que não tenha mais espaço na mala. O que não coube na mala fica para trás.
 
Na vida, essas "coisas importantes" que são colocadas primeiro é o seu trabalho e família. Se você tem algum espaço sobrando, você coloca seus amigos e o lazer e outras coisas. E então, no final da lista, você tem de escrever.
 
Porque é o último a ser colocado, quase sempre é "deixado para trás" Não é porque você quer esquecer, mas porque sua vida já está cheia, estourando, e você simplesmente não pode encontrar espaço para isso.
 
A solução: Coloque isso em primeiro lugar, não em ultimo. Torná-lo uma das "coisas importantes" que você coloca na mala primeiro. Acreditar que você vai encontrar tempo para isso de outra forma é apenas uma ilusão.

9. Preocupe-se muito com SEO

Falando de delirante...
 
Muita gente vê os blogs como uma forma de obter o tráfego do motor de busca. Encontrar uma palavra-chave que você deseja classificar, publicar um post em torno dela, e alguns meses mais tarde, você vai ter todo o tráfego que você pode manipular.
 
Certo?
 
Errado.
 
Conseguir tráfego dos motores de busca não se trata de palavras-chave. Não é nem mesmo sobre postagens no blog. Trata-se de criar algo tão incrível que todo mundo fala dele e linka para ele.
 
Então faça isso. Você pode se preocupar com SEO mais tarde.

10. Inicie vários blogs ao mesmo tempo

Em minha opinião, é praticamente impossível construir um blog popular com menos de 10 horas de trabalho por semana. Se você quer crescer rapidamente, acrescente mais 10.
 
Digamos que você tenha dois blogs. 2 X 20 = 40 horas semanais de trabalho para crescer ambos rapidamente.
 
Você está disposto a dedicar todo esse tempo? Você tem esse tempo extra na semana?
 
Se não, escolha o blog que é mais importante para você e descarte o resto.
 
Caso contrário, você não está blogando. Você está apenas engatinhando.

11. Procure o nome de domínio perfeito

Blogs são como seres vivos. Eles evoluem. Mesmo se você encontrou o nome de domínio perfeito hoje, você iria odiá-lo daqui a um ano, porque o foco do seu blog vai mudar.
 
A melhor solução: Escolha um nome de domínio que é bom o suficiente e fique com ele. Claro, alterá-lo mais tarde, será uma dor de cabeça, mas nunca tenha um blog porque você é um perfeccionista; é uma dor de cabeça ainda maior.
 
Pegue um nome de domínio. Registre-o. Siga em frente.

12. Mostre ao mundo o quão inteligente você é

Tem um nome de domínio inteligente? Títulos inteligentes? Posts inteligentes?
 
Você provavelmente está bastante satisfeito com você mesmo, certo?
 
Bem, eu odeio dizer isso para você, mas esperteza quase sempre sai pela culatra. As pessoas não vão conseguir entender. Claro, eles entenderiam se passasse alguns minutos pensando sobre isso, mas eles estão com pressa, e há um zilhão de outros posts para ler que não exigem tanto para entendê-los.
 
Em vez disso, seja claro. Não faça as pessoas descobrir o que você quer dizer. Elas vão te recompensar; voltando novamente ao seu blog.

13. Tente ser como “Fulano de Tal”

De vez em quando, eu dou alguns conselhos para blogueiros iniciantes, e eles respondem: "Mas não é isso que Fulano de Tal faz”.
 
Dá vontade de estrangular o individuo.
 
Pense nisso da seguinte forma. Vamos dizer que você gosta de luta de MMA.
 
Se eu lhe entregar um par de luvas e jogá-lo no meio de um octógono para lutar com um profissional como o Anderson Silva, como você acha que você faria?
 
Eu vou te dizer como você faria: Você não faria nada, você seria triturado. Esses caras são aberrações genéticas que se prepararam a vida inteira para lutar com outras aberrações genéticas.
 
Você nunca vai ser capaz de fazer o que eles fazem, não importa o quão duro você tente. Na verdade, mesmo tentando poderia ser mortal.
 
É a mesma coisa com “Fulano de Tal”. Ele é o blogueiro equivalente a um lutador de 350 quilos, que pode detonar um oponente em menos de 4 segundo. Em outras palavras, ele é tão assustadoramente talentoso que ele pode fazer coisas que ninguém mais pode.
 
Então, pare de tentar copiá-lo. Você não tem o seu tipo de talento, e se você tem; você não deve copiá-lo de qualquer maneira. Essa coisa toda é uma bobagem.

14. Espere até que você esteja com a cabeça tranquila para escrever

Isto é tão tentador.
 
Você está se sentindo cansado, frustrado ou <coloque suas emoções negativas aqui>, e você pensa: "Eu nunca vou ser capaz de escrever assim. Eu vou parar e voltar quando estiver em um melhor estado de espírito”.
 
Quer ouvir a verdade?
 
Você está procrastinando. Você está com medo de como é difícil expressar seus pensamentos, e você está usando suas emoções como uma desculpa para sair.
 
É compreensível, mas não é isso que os bons escritores fazem. Bons escritores escrevem.
 
Não importa se eles estão cansados. Não importa se eles estão passando por um divórcio. Não importa se seus filhos estão gritando. Não importa se eles estão doentes e morrendo no hospital. Não importa se os terroristas soltaram uma bomba nuclear em sua cidade.
 
Eles escrevem. E fim da história.

15. Sofra por causa do layout do seu blog

É o mesmo problema da busca pelo nome de domínio perfeito. Você nunca vai encontrá-lo, e mesmo se você encontra-lo, você vai odiá-lo mais tarde. Então, escolha um layout bom o suficiente e continue com o seu blog.
 
Você tem 15 minutos. Vá.

16. Espere até que alguém possa ajudá-lo

Você está esperando por um designer gráfico ou programador ou escritor ou especialista em WordPress para ajudá-lo em alguma coisa?
 
Bem, pare. Se você quer aprender alguma coisa, você tem que fazê-lo e parar de sempre ficar esperando por alguém.
 
Muitas vezes, isso significa errar. Mas errando se aprende. Você precisa deixar de ser preguiçoso e parar de procrastinar.

17. Publicar um grande conteúdo - no lugar errado

Um grande conteúdo é importante?
 
Claro.
 
Você deve criar tanto dele como você pode?
 
Absolutamente.
 
Mas você deve publicá-lo em seu próprio blog agora?
 
Provavelmente não.
 
Para explicar o porquê; imagina se Martin Luther King fizesse seu discurso "I Have a Dream" para uma sala vazia. É um dos maiores discursos da história, sem dúvida, mas sem uma plateia, sem um público, sem ninguém para ouvi-lo e espalhar a palavra, ele perderia o poder.
 
Um excelente conteúdo funciona da mesma maneira. Antes de ter um público, uma audiência, publicá-lo em seu próprio blog é uma espécie de desperdício de tempo.
 
Seria melhor para você se ele fosse publicado como um guest post. Procure um blog que já tenha uma audiência enorme e ofereça seu melhor artigo.
 
Então, quando você tiver um pequeno grupo de seguidores dedicados, publique seu melhor artigo em seu blog.

18. Desistir

Depois de ler todos esses erros, você pode sentir como: "Bem, eu sou um fracasso. Eu faria muito bem se desistisse”.
 
Mas você não deve. Aqui está o porquê:
 
Somos todos culpados de fracasso em algum momento.
 
Nos meus primeiros três anos como blogueiro, eu cometi cada erro nesta lista. Cada um.
 
Não só todos os meus blogs fracassaram, como eu fui banido pelo Google, o meu primeiro guest post foi rejeitado. Olhando para trás, é horrível quantos erros eu cometi.
 
Mas eu ainda estou aqui.
 
Eu aprendi com cada erro. Eu aprendi com blogueiros inteligentes. Eu domino o ofício.
 
Ouça outros blogueiros populares, e você vai ouvir a mesma história. Uma e outra e outra vez.
Não é uma coincidência. É assim que o sucesso acontece. Você vive e aprende.
 
Se você é culpado de algum desses erros, isso significa apenas que você ainda está nos estágios iniciais da viagem. Pegue os seus erros, faça o seu melhor para aprender com eles, e nunca, nunca perca a fé em Deus e em si mesmo.
 
Você realmente pode fazê-lo.
 
Não há nada de errado com você.
 
Somente.
 
Continue.
 
Indo.
 
Você vai conseguir!

Postar Comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem